Conheça alguns dos muitos usos do Linux

image_pdfimage_print

varios-usos-do-linux-20120806174126

Pacotes especializados do sistema podem ser usados para análise, edição multimídia, reprodução de vídeo e muitos usos mais.

Apesar da popularidade de pacotes para o desktop, como o Ubuntu e o Arch Linux, o sistema do pinguim tem flexibilidade suficiente para servir para quase qualquer uso. E, por ser livre, existem opções prontas para muitas dessas necessidades. Selecionamos vários pacotes Linux para o uso no estudo, no trabalho ou na diversão. Eles são perfeitos para necessidades específicas ou para deixar guardados no conjunto de ferramentas.

Completo em pouco espaço
Precisa dar uso a uma máquina bastante antiga? Então, teste uma distribuição extremamente leve (usa pouca memória) e pequena (não ocupa quase nada do HD). Trata-se do Puppy Linux. Ele roda em máquinas com processador com clock a partir de 75 MHz e com 40 MB de memória RAM. Também pode ser executado de um pen drive. O Puppy Linux traz o básico do sistema, com uma interface fácil de usar. Na opção com OpenOffice, ele ocupa somente 200 MB de espaço no HD ou pen drive.

Treinamento hacker
Se seu objetivo é tornar-se um investigador do conteúdo de discos e computadores, ou trabalhar com segurança da informação, um pacote que deve estar no seu arsenal é o BackTrack Linux. Ele se especializa em testes de segurança, análise de dados e cópia segura do conteúdo de HDs. É possível, por exemplo, inicializar o micro pelo Backtrack e fazer uma cópia completa do HD do computador, sem mexer em nada, para análise posterior. O Backtrack também traz ferramentas completas para testar a segurança de uma rede. Com todo esse poder, o Backtrack não é nada fácil de usar no primeiro contato. Por isso, tenha paciência para ler a documentação incluída e a existente no site oficial.

Servidor e roteador
Parece estranho usar um computador como roteador, mas essa utilização permite um controle mais fino do tráfego da rede e pode adicionar serviços, como firewall e VPN, acessíveis aos micros. Há montes de pacotes Linux prontinhos para transformar um computador num roteador ou servidor completo. Um deles é o Untangle. Ele traz opções avançadas de firewall e montes de opções de serviços para a rede. Mas seu ponto forte está na configuração simples e direta para cada serviço, feita pelo navegador e com visual bonito.

Ferramentas para o disco rígido
Quem gosta de instalar mais de um sistema operacional no micro ou faz manutenção em computadores precisa de uma ferramenta avançada para gerenciar partições e criar imagens de discos rígidos. O pacote PartedMagic traz esses recursos e muito mais. Ele permite ainda fazer testes no HD e apagar dados de forma segura, uma função útil para quem vai vender ou passar adiante o computador. O PartedMagic roda do CD ou de um pen drive, o que o torna perfeito para integrar o arsenal de ferramentas de quem trabalha com manutenção de micros ou simplesmente é o convocado para resolver problemas de amigos e parentes.

Linux artístico
Nem só de ferramentas de escritório e de programação é feito o mundo do Linux. Há montes de opções legais para edição multimídia. A distribuição Ubuntu Studio, como o nome indica, é uma variante do Ubuntu, focada em aplicativos para criação de imagens, músicas e vídeos. Ela é compatível com tablets para desenho e traz aplicativos avançados para edição de áudio e vídeo, como o Ardour, que faz mixagem multifaixas de som, e o Kino, para captura e montagem de filmes.
ubuntustudio

Feito para multimídia
O XBMC é um dos melhores aplicativos para tocar e organizar vídeos. Se sua ideia é usar um micro antigo, ligado à TV, como player multimídia, o pacote OpenElec conta com uma distribuição Linux bastante leve, pronta para rodar somente o XBMC. Ela ocupa somente 125 MB de espaço em disco e tem versões otimizadas para diversas plataformas, como Intel Ion e AMD Fusion, utilizando o potencial gráfico delas.

Fonte: Info Abril