Temer diz que seu governo pode ser o melhor da história do Brasil e deixa humoristas desempregados

O presidente Michel Temer discursou durante 50 minutos nesta quarta-feira e disse que seu governo pode ser o melhor da história do Brasil. Ele não especificou se entre os instituídos democraticamente ou entre os que foram fruto de manobras anti-democráticas.

“Em todos os setores em que coloquei os ministros, tudo deu certo”, disse ele (Não é piada do Sensacionalista. Ele disse isso, mesmo).

A frase fez com que os últimos 300 humoristas brasileiros cadastrados no sindicato da categoria fossem dispensados por seus patrões.

“O cara tem popularidade de 3%, é investigado por mil coisas, aprova medidas extremamente impopulares e que beneficiam as elites e vem falar uma coisa dessas. Nossa profissão ficou obsoleta”, disse o roteirista de um programa de rádio que faz sátira do noticiário.

Temer também está às voltas com a investigação de sua participação no escândalo do Porto de Santos. Depois de dizer que suas contas estavam abertas, ele voltou atrás. Segundo um assessor, ele teria lembrado que é um ladrão e falado: “Putz, que vacilo”.

You may also like...