Crise! Após perder presidente, Uber agora está sem diretora de uma área estratégica

No fim de março, o presidente do Uber, Jeff Jones, anunciou que deixaria o cargo. O motivo foi lacônico, mas informações de bastidores dizem que ele está envolvido com casos de assédio sexual. Um tanto incômodo para uma empresa que é acusa de ser complacente com casos de abuso e estupro envolvendo motoristas e passageiros, não?

Ocorre que a companhia perdeu outro importante nome do primeiro escalão. A diretora de Comunicação, Rachel Whetstone, também está deixando o posto de trabalho, segundo informado nesta terça-feira (11/04). O afastamento de Whetstone ocorre em um período conturbado para a empresa, que enfrentou até mesmo boicote de muitos usuários nos EUA e também vê a concorrência crescendo cada dia mais.

Clique aqui para ler mais

You may also like...